Quer ter sua própria empresa, com baixo investimento e ganhos recorrentes? seja nosso franqueado

Como funciona o rastreamento via satélite?

Como funciona o rastreamento via satélite?
O rastreamento via satélite em tempo real é uma tecnologia cuja eficiência tornou sua presença no mercado bastante significativa. Diversos setores de transporte e logística optam por um sistema desse tipo. Entretanto, é normal que surjam dúvidas quanto ao seu funcionamento. Afinal, qual é a diferença entre esse rastreamento e o que faz uso de comunicação por chip? Quais setores têm a obrigação legal de utilizá-lo? Vale mesmo a pena investir nesse tipo de rastreamento veicular? Para tirar suas dúvidas, criamos este post com todas as informações detalhadas. Confira!

Como funciona o rastreamento via satélite?

Os sistemas de rastreamento via satélite já existem há muitas décadas. Seu funcionamento, na verdade, é bem simples: um dispositivo se comunica com uma central de atendimento e envia as coordenadas do usuário, veículo ou objeto no qual ele está instalado. A principal característica desse sistema é a sua ampla cobertura. Por se comunicar via satélite, o dispositivo pode ser localizado em qualquer lugar do mundo. Para complementar, dependendo do tipo de serviço adotado, é possível realizar um monitoramento via web.

Qual a diferença entre rastreamento via satélite e por chip?

Há uma diferença importante entre este e os outros sistemas, como o rastreamento por chip. O rastreador via satélite oferece cobertura mundial, mas tende a sofrer interferências no subsolo, ou seja, quando o motorista entra em túneis, por exemplo. Ele oferece também o serviço de transmissão de posicionamento do veículo ou qualquer outro bem que está sendo monitorado, indicando pontos como latitude e longitude. Essas informações são direcionadas para a central. Já nos modelos GPRS a transmissão das informações de rastreamento entre o aparelho e o sistema é feita via conexão com chip (GSM). Isso significa que a comunicação com o sistema de monitoramento é realizada por uma rede GSM, a mesma utilizada em celulares. Em casos de acesso a “áreas de sombra” (onde o sinal GSM não chega), o dispositivo armazena a informação e a reenvia quando o sinal for restabelecido. Porém, a cobertura não é nem de perto tão ampla quanto a do sistema via satélite. Para as organizações que buscam ter uma segurança maior e que trabalham com o transporte de cargas de valor, por exemplo, o rastreamento via satélite em tempo real é uma opção que oferece maior cobertura e sem áreas de sombra, que prejudicam a comunicação.

Que setores devem utilizá-lo obrigatoriamente?

O rastreamento via satélite é obrigatório para caminhões e embarcações que transportem valores (dinheiro) ou resíduos considerados perigosos. É fundamental estar atento a esse tipo de cláusula. Afinal, em caso de sinistro ou qualquer problema com o transporte, a seguradora solicitará os dados relacionados ao rastreamento. Se o dispositivo não estiver funcionando, pode haver problemas com o ressarcimento.

Quais são as vantagens do uso de rastreamento via satélite em tempo real?

Os benefícios no uso do rastreamento via satélite são diversos e é importante que você entenda, de forma mais ampla, quais são as funcionalidades que esse tipo de serviço oferece para a frota de sua empresa. Por isso, nós selecionamos algumas vantagens ao utilizar o recurso. Confira!

Segurança

O primeiro ponto a se destacar é o aumento da segurança — tanto do motorista quanto do veículo e da carga. Com uma cobertura completa em todos os locais abertos, é possível fazer o monitoramento constantemente, o que diminui os riscos para todos os envolvidos no transporte. Ter um acompanhamento em tempo real é um dos pontos cruciais para que qualquer medida seja tomada com agilidade e precisão caso algum problema ocorra. Além disso, a empresa contratante conta com possibilidade de recuperar o veículo em caso de furtos, já que o sistema capta a localização em tempo real. O recurso otimiza a busca e agiliza o processo de recuperação.

Produtividade

Um impacto ainda maior é sentido na rotina de gestão de frotas da empresa que implementa o sistema e o mantém funcionando adequadamente. O acompanhamento da organização gera uma maior produtividade no trajeto de transporte. Isso ocorre porque os gestores conseguem identificar com mais facilidade quais são os ajustes e alterações que contribuem para a otimização e qualidade da entrega. Sabemos que a logística desempenha um papel importante no desenvolvimento dos processos. Logo, um gerenciamento eficiente do tempo dos colaboradores, carga horária e rotas percorridas são apenas alguns exemplos de aspectos que podem ser monitorados. Fazendo isso, será possível implementar medidas que sejam relevantes para a produtividade dos funcionários, o que impacta a empresa e os resultados dela de maneira positiva.

Custo-benefício

Quando comparado ao rastreamento por chip, o serviço realizado via satélite se torna mais caro. No entanto, é possível minimizar os gastos para empresa por utilizá-lo somente quando for necessário, ou seja, em situações que não tem cobertura para o sinal de celular. Além disso, o custo-benefício é melhor, já que com um alcance maior para o monitoramento, vários prejuízos podem ser evitados. Os gastos associados a furtos, roubo de cargas e veículos, por exemplo, também são contabilizados para o orçamento da empresa. Por meio de um rastreamento via satélite, a segurança se torna maior.

Comunicação e monitoramento eficientes

Garantir uma comunicação eficiente com os motoristas e profissionais que realizam o transporte de cargas é essencial para evitar problemas e imprevistos que afetam a entrega das mercadorias. Por isso, o rastreamento via satélite é importante para estabelecer um diálogo em tempo real, entre as duas partes. O monitoramento permite o recebimento de alertas para emergências que precisam ser solucionadas com rapidez. Na prática, é a tecnologia mediando uma aproximação da relação entre empresas e seus meios de transporte — próprios ou contratados. Assim, qualquer dúvida ou situação que acontecer durante a rota, o colaborador conta com o auxílio da empresa, sem demora. Do contrário, a comunicação tardia pode prejudicar todos os processos de logística. Usar o rastreamento via satélite contribui para um monitoramento e, consequentemente, uma comunicação mais eficiente e rápida. Nesse sentido, qualquer decisão que precisa ser colocada em prática será aplicada com uma maior agilidade. Usar um serviço de rastreamento para melhorar a gestão de frotas é importante para aumentar a eficiência logística. Com um monitoramento, fica mais fácil estabelecer uma boa comunicação entre empresa e funcionários. A segurança também é um benefício importante, que faz toda a diferença para os gastos e para o desenvolvimento da organização. Agora que você já sabe como funciona o sistema de rastreamento via satélite em tempo real e quais as vantagens de adotá-lo, faça uma pesquisa de mercado e veja como ele pode ser um importante aliado para sua empresa!
Related Posts
Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *