Noticias

Mulheres na gestão de frotas: representatividade, experiências e protagonismo na carreira

Nosso estudo sobre tendências para a gestão de frotas em 2021 apontou que apenas 16,8% dos profissionais dessa área e de áreas correlatas são mulheres. Ainda que mínimo, este número representa um crescimento de 3,98% se comparado com o dado levantado neste mesmo estudo em 2019. O que nós, enquanto sociedade, empregadores e fornecedores podemos fazer para aumentar a representatividade das mulheres na gestão de frotas?

A mulher no mercado de trabalho

A presença da mulher no mercado de trabalho deu seus primeiros passos mais expressivos no século XX, com a chegada da Revolução Industrial. Com a necessidade alta de mão-de-obra barata, mulheres e crianças foram colocadas para trabalhar na indústria. Mas, claro, com condições de trabalho indecentes e muito inferiores às condições recebidas pelos homens (que já não eram justas, sob o olhar de uma sociedade contemporânea).

Mas foi na década de 70 que a mulher começou a integrar o mercado de trabalho em áreas mais voltadas ao desenvolvimento da sociedade, como educação e comércio, por exemplo. Aos poucos, o gênero foi conquistando um merecido espaço, mas ainda insuficiente para a obtenção de igualdade de gênero no mercado de trabalho.

representatividade do gênero feminino nos empregos formais, que já não era satisfatória, decaiu 7,5 pontos percentuais com a pandemia, atingindo a menor participação em 30 anos, segundo o InfoMoney. Atualmente, a taxa de participação no mercado está em torno de 46%. Neste mesmo período, a participação do homem no mercado caiu em menor proporção: de 71,8% para 65,7%.

As mulheres na gestão de frotas

A representatividade das mulheres na gestão de frotas e áreas correlatas é bem menor que a proporção de mulheres no mercado de trabalho: 16,8%, como apontado pelo nosso estudo de tendências para 2021.

Essa e outras muitas áreas do mercado são predominantemente formadas por homens, o que traz muitos desafios às mulheres que desejam trabalhar nestes setores.

A Aline dos Santos que após 15 anos de experiência em Procurement, recebeu o desafio de otimizar custos em uma frota de 2000 veículos, dando início à sua trajetória nesta área, hoje atua com a gestão de Procurement e Processos de Supply Chain de uma empresa que tem frota Pesada Própria e modelo híbrido (locação/compra) de veículos leves.

“É inerente ao trabalho de otimização de custo, uma gestão baseada em dados e foi aí que encontrei muitas oportunidades: transformar os dados em informações úteis para tomada de decisões estratégicas com agilidade.”

A Aline relatou que o maior desafio enfrentado foi o fato de ser pioneira na empresa onde estava:

“Creio que o maior desafio é o pioneirismo, em muitas empresas, uma mulher à frente de decisões estratégicas de logística e frota é uma novidade, você mulher, pode ser a primeira na sua empresa!”

Esta é a situação de muitas outras mulheres. A Ariene Souza, atualmente Gerente de Manutenção Automotiva, convidada da nossa live especial de Dia das Mulheres, também enfrentou o pioneirismo e foi inclusive a primeira mulher Coordenadora de Manutenção Automotiva do Brasil.

Como superar os desafios de um ambiente ainda muito masculino?

A Natalia Zanon, Gerente de Divisão Agrícola, também convidada da live, compartilhou uma dica muito importante:

“No dia-a-dia nós podemos nos deparar com diversos desafios, mas é importante termos muito certo qual o nosso foco, onde pretendemos chegar, e não se colocar limitações neste sentido. Porque de fato a mulher pode exercer todas as funções tão bem quanto o homem”.

Além disso, é preciso ter em mente que todas as mulheres precisam se ajudar. Levantar umas às outras para que todas cresçam juntas e conquistem mais espaço nestas e em outras áreas do mercado.

“Com a nossa capacidade, o tamanho da nossa força, se pararmos para pensar, nos tornamos uma fonte inesgotável de inspiração. Não queremos tomar o lugar de ninguém, é lindo ver que ambos podemos. Mulher, se você tem vontade, se você ama, siga em frente!“, compartilhou em nossa live a Larissa Lucchetti, Controladora de Frota.

“Sejamos mulheres que inspiram outras mulheres a desbravarem o mundo que envolve a mobilidade, muitas de nós aprendemos com nossos colegas, mas sejamos agora multiplicadoras de uma excelente gestão em frotas!”

Aline dos Santos

Add Comment

Click here to post a comment